Todo apoio aos operários do Comperj

O Estado é ágil na sede de punir os operários do Comperj e os sindicatos que os apoiam pela manifestação que fechou a Ponte Rio-Niterói. Este, porém, é o mesmo Estado que não demonstra rapidez alguma para fazer a empresa Alumini pagar o que deve a estes trabalhadores: salário de novembro, 2ª parcela do 13º salário, 3ª parcela de férias vencidas, além de verbas rescisórias, danos morais… Já houve vários protestos antes, mas a imprensa burguesa só dá visibilidade ao problema quando a manifestação causa impacto na cidade. No caso, para defender o alardeado “direito de ir e vir”, etc. E esses operários, não merecem apoio? O direito de ser pago pelo trabalho realizado é menos sagrado? De que lado você está? Estes operários deram seu suor e agora estão dependendo de doações de cestas básicas para sobreviver!!! Eu, sem dúvida, estou ao lado dos trabalhadores, que só querem receber seus salários e indenizações de acordo com a própria lei! Se você estivesse no lugar deles, provavelmente não iria esperar para morrer de fome enquanto é enrolado! Enquanto esta questão emergencial não for resolvida, não há outra alternativa a não ser ampliar ainda mais os protestos!

operarios comperj

Anúncios