Ser professor e defender a redução da maioridade penal é uma contradição pedagógica

Embora não seja a solução para todos os problemas, como querem fazer crer os interessados em ocultar a estrutura econômica da sociedade, a educação é de fato um dos fatores decisivos para o futuro da juventude. Professor@ que defende a redução da maioridade penal está, na minha opinião, desvalorizando o seu próprio papel profissional para enaltecer o papel do sistema prisional.
É curioso: por outro lado, de cada 10 professores que você perguntar, pelo menos 9 vão dizer que o encarceramento não recupera ninguém (pelo contrário). “Ahh mas as quadrilhas utilizam menores de 18 anos para cometer crimes…”. Estamos reivindicando que isso agora aconteça com os menores de 16, é isso?! Depois reduzimos para 14, 12… 4?
Comecei dizendo que a educação sozinha não é a fórmula mágica para todos os males. Mas não adianta entender isso para cair em outro equívoco, mais perigoso: a ideia de que a chave está nas prisões! A ilusão de que a polícia é quem tem as soluções.
Infelizmente muitos colegas não percebem.
Quando o governador disser de forma mais explícita que vai reduzir os investimentos da secretaria educação para sobrar mais dinheiro com destino aos presídios, não poderão reclamar. Aliás, no plano federal, sabem qual foi um dos ministérios mais atingidos pelos cortes de verbas do famigerado “ajuste fiscal”?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s